Câmara de Bom Jardim de Minas inicia trabalhos da Escola do Legislativo Regis Neto Caetano

A Câmara Municipal de Bom Jardim de Minas realizou, no dia 2 de março, a aula inaugural da Escola do Legislativo Regis Neto Caetano. A Escola do Legislativo capacita agentes políticos, servidores públicos e população em geral em assuntos de interesse político-institucional, cidadania e promoção social.

Compuseram a mesa de trabalhos o presidente da Casa e coordenador da Escola do Legislativo, vereador Sebasttião Flávio de Paula; a vice-coordenadora e secretária geral da Câmara, Ana Mara da Silva; a Oficial do Ministério Público da Promotoria de Andrelândia, Pollyana Cândido Siqueira Alves; o advogado Dr. Adailton Gomes Silva; o contador Kleder Aurélio de Almeida; o prefeito Sérgio Martins e o vice-prefeito Adelmar Francisco Silva; a vice-presidente da Câmara, vereadora Rita Maria de Almeida, e o secretário da Câmara, vereador Valdelei Rodrigues da Silva. Se fizeram presentes ainda os vereadores Ademir Aparecido Rodrigues, Alexsandro de Almeida Nardy, Francisco Neto Caetano, João Atarciso Martins Machado e Reginaldo Caetano, e os secretários municipais Carlos Maciel Landim, Juliana Carvalho e Luzia Aparecida de Oliveira Martins.

A secretária-geral da Câmara e vice-coordenadora da Escola, Ana Mara, deu as boas-vindas aos presentes. “É com grande honra e alegria que recebemos a todos. Os temas abordados serão objetivos e importância do trabalho da Escola do Legislativo, obrigações e direitos do Poder Legislativo, noções dos processos legislativos e Poder Legislativo e obrigações financeiras do Poder Legislativo”, afirmou.

O coordenador do projeto e presidente da Câmara, vereador Sebasttião Flávio, falou sobre o trabalho feito na escola e alguns de seus principais objetivos. “A idealização dessa Escola do Legislativo vem de encontro com uma nova visão e forma de utilização das políticas públicas para o benefício da população. Alguns dos principais objetivos da Escola: contribuir para o fortalecimento da cidadania; desenvolver atividades de pesquisa e estudos em temas de interesse político-institucional; desenvolver programas de ensino objetivando a formação e a qualificação de lideranças comunitárias e políticas; estimular pesquisa técnico-acadêmica voltada à Câmara Municipal; promoção de cursos em anos eleitorais para vereadores eleitos; potencializar o debate político; integrar o Programa Interlegis e capacitar agentes políticos e servidores públicos em assuntos de interesse político-institucional”, enumerou, desejando ainda um ano letivo produtivo e enriquecedor.

A primeira palestra da noite foi feita pela Oficial do Ministério Público Pollyana Cândido Siqueira Alves, que falou em nome da Promotoria de Justiça de Andrelândia sobre a importância do papel do vereador. “Quando a população escolhe um vereador, ela está escolhendo um representante. E o vereador tem a obrigação de ficar próximo da população, pois são os olhos da população no governo”, afirmou durante sua palestra.

Já o contador Kleder Aurélio de Almeida falou da importância da contabilidade nos órgãos públicos. “Há 20 anos, as informações eram defasadas no Poder Público no que diz respeito aos dados contábeis. Essa falta de informação que tinha começou a mudar, principalmente em função do Tribunal de Contas. Gestão pública, na minha opinião, é muito mais que ver as contas frias de uma administração”, disse em sua explanação.

O advogado Dr. Adailton Gomes Silva explicou aos presentes como funciona o processo legislativo, fazendo um histórico explicativo do conceito. “Temos a divisão dos poderes, um aperfeiçoamento de muita ideias para que se chegue a um governo eficiente e democrático. A queda do autoritarismo foi o principal objetivo dessa divisão de poderes.  Esse sistema é o mais comum nos países ocidentais. O Executivo continua sendo responsável pela gestão da coisa pública, mas ele possui controles e o primeiro deles é o Legislativo. Esse controle é feito pela elaboração de leis, que é feita pelo Legislativo, que representa a comunidade e tem que zelar pelo interesse da sociedade. O outro controle é a fiscalização da gestão para controlar eventuais abusos, onde entra também a fiscalização do Judiciário. Um poder equilibra o outro, e um poder freia o outro, para que haja equilíbrio”, explicou. O advogado ainda adiantou futuros projetos da Câmara: a Câmara Itinerante, que irá percorrer os bairros, e a Tribuna Livre durante as reuniões.

O prefeito Sérgio Martins, o Dragão, parabenizou a câmara. “Acho muito importante o trabalho da Escola do Legislativo em informar a população, e podem ter certeza que a prefeitura está à disposição do povo e da Câmara Municipal”, declarou.

A Escola do Legislativo

Regis Neto Caetano era filho de Francisco Neto Caetano e Maria Carmelina Gonçalves Caetano e nasceu em 11 de junho de 1987, na Maternidade de Andrelândia/MG. Era de uma família humilde, o seu pai operador de máquinas pesadas e a sua mãe cozinheira, e passaram muitas dificuldades para criar os filhos. Estudaram até o ensino médio e incentivaram muito os filhos. E o mais importante: eles os ensinaram a trilhar para alcançar os objetivos com trabalho, com honestidade, humildade, ética, e acima de tudo, a valorização da família e fazer tudo com amor e fé em Deus.

Até alguns anos Régis ajudava a sua tia Ângela Maria Gonçalves em seu trabalho no escritório, o qual aprendeu muito com ela. Nesse escritório havia um curso de informática e foi quando ele começou a ter contato com computadores, desenvolvendo assim, a fascinação por este mundo tecnológico. Muito tempo depois se tornou Professor de Informática. No início não foi fácil, mas com determinação e fé conseguiu melhorar a cada dia. Régis era o que podemos chamar de autodidata, pois era uma pessoa inteligente, sempre prestativo. Era uma pessoa determinada, criativo, carismático, sonhador, objetivo, entre outras qualidades, claro que não poderia deixar de citar a valorização dos amigos e da família. Além de sempre pensar positivo, via oportunidade onde ninguém enxergava, e tirava ao máximo de aproveitamento das experiências. Tinha uma paixão imensa de ensinar, e era dedicado.

Infelizmente por ironia do destino, veio a falecer em 03 de maio de 2010 no Hospital Municipal de Bom Jardim de Minas/MG, sendo sepultado no Cemitério de Bom Jardim de Minas/MG. Homenageá-lo com seu nome a Escola do Legislativo da Câmara Municipal de Bom Jardim de Minas justifica toda sua trajetória de vida com dedicação, carisma, solidariedade, respeito e amor ao aprendizado.

IMG_9185.jpg

Com informações da Câmara Municipal de Bom Jardim de Minas

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s