EM SESSÃO ORDINÁRIA, CÂMARA MUNICIPAL DE DOM VIÇOSO ELEGE MESA DIRETORA PARA O ANO DE 2018

          Na noite do dia 11 de dezembro, a Câmara Municipal de Dom Viçoso realizou sua 56º Sessão Legislativa com a presença de todos os vereadores: Alaíde Ribeiro Campos de Oliveira, Antônio Marques dos Santos, Benedito Miguel Pinto, Carlos Miguel da Silva, Ednaldo Alisson Nogueira, Joaquim Adolfo Pinto Noronha, Othon José Mário dos Santos, Ricardo Rodrigo Silvério e Sebastião Celso da Costa.

            O presidente da Câmara, vereador Othon José Mário dos Santos, presidiu a sessão e declarou aberta a 479º Reunião Ordinária da Câmara Municipal que iniciou com a leitura da ata anterior que obteve sua aprovação.

            Após, foi realizada a leitura da indicação do vereador Carlos Miguel da Silva que solicitou a limpeza da Rua dos Cordeiros, no bairro da Serrinha, o vereador também solicitou, em requerimento, sobre os trabalhos que estão sendo desenvolvidos no trecho da família ‘Anjo’, localidade conhecida como Bambu. O vereador Joaquim Adolfo Pinto Noronha também fez sua indicação para que sejam tomadas providências em relação à falta de água na Rua Cônego José Divino, além do requerimento onde solicitava a resposta do ‘por quê ainda não foi feita a manutenção da estrada em frente ao sr. Fernando, no alto da Serra’. Os requerimentos foram colocados em discussão e votação e receberam aprovação de todos os vereadores.

            Durante a sessão foi apresentado o ofício do gestor da Saúde, Jailson Oliveira Palma, para o conhecimento das ações do setor. Terminada as ações iniciais, o presidente da Câmara, vereador Othon José Mário dos Santos, passou para a votação da nova Mesa Diretora, com a indicação de duas chapas. Antes do momento, a vereadora Alaíde Ribeiro Campos de Oliveira pediu para que a votação fosse aberta, e o requerimento foi colocado em discussão. Diante o pedido, o vereador Carlos Miguel da Silva disse que no regimento interno consta que a votação é fechada. Logo o presidente lembrou que no ano de 2015 foi realizado o mesmo pedido. O vereador Carlos Miguel da Silva perguntou a vereadora Alaíde o porquê da votação ser aberta, e a mesma informou sua opinião, em defesa que seja aberta. Após os debates sobre o assunto o requerimento foi colocado em votação e teve empate, o qual foi desempatado com o voto de minerva do presidente que votou pela votação aberta.

            As chapas em votação foram as seguintes: Chapa 1 – presidente vereador Antônio Marques dos Santos, vice-presidente vereador Benedito Miguel Pinto; 1º secretária vereadora Alaíde Ribeiro Campos de Oliveira e 2º secretário vereador Othon José Mário dos Santos; Chapa 2 – presidente vereador Carlos Miguel da Silva, vice-presidente vereador Sebastião Celso da Costa, 1º secretário vereador Joaquim Adolfo Pinto Noronha e 2º secretário vereador Ednaldo Alisson Nogueira. Sendo os votos dos vereadores Sebastião Celso da Costa, Carlos Miguel da Silva, Ednaldo Alisson Nogueira e Joaquim Adolfo Pinto Noronha para a Chapa 2 e os vereadores Benedito Miguel Pinto, Alaíde Ribeiro Campos de Oliveira, Ricardo Rodrigo Silvério, Antônio Marques dos Santos e Othon José Mário dos Santos para a Chapa 1. Após a revelação dos votos, foi eleita a Chapa 1 para dirigir os trabalhos da mesa diretora para o ano de 2018.

            Após a eleição, os vereadores informaram sobre a votação onde foram realizados os agradecimentos e compreensão pelas escolhas.  Ainda em sessão foi solicitado pelo vereador Joaquim Adolfo Pinto Noronha a moção de aplauso ao senhor Haroldo Branco de Oliveira diante o trabalho prestado na área de saúde a população de Dom Viçoso. E os vereadores Joaquim Adolfo Pinto Noronha, Carlos Miguel da Silva e Sebastião Celso da Costa solicitaram a moção de aplauso para os senhores Luís Antônio Camargo e Zezinho Guedes pela realização do torneio de truco. As moções foram colocadas em discussão e em votação receberam a aprovação de todos.

            Por fim, foi debatido pelos vereadores a questão da rádio comunitária e o vereador Carlos Miguel da Silva sugeriu que o presidente eleito para o ano de 2018, vereador Antonio Marques dos Santos, fizesse um convênio com a rádio para que a mesma transmita as reuniões da Câmara Municipal, e, em contrapartida, a Câmara ajudaria na manutenção da rádio, e contribuiria para que um número maior de pessoas tenham acesso às reuniões. Diante da sugestão, o presidente vereador Othon informou a todos que já verificou a possibilidade e mencionou que a contadora e a assessora jurídica concluíram pela impossibilidade da realização do convênio. O vereador Carlos Miguel da Silva afirmou que outras Câmara estão fazendo os convênios.

            Diante do impasse, os vereadores concordaram em requisitar uma audiência com o promotor de Justiça e terem um posicionamento jurídico sobre a possibilidade da realização do convênio para as transmissões das sessões legislativas.

            Sem mais para o momento, o presidente vereador Othon José Mário dos Santos encerrou a sessão e informou sobre a abertura da sessão extraordinária para a aprovação da ata. Após um período, os vereadores iniciaram a sessão ordinária onde os vereadores discutiram a ata e fizeram a aprovação da mesma.

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s