PREFEITURA MUNICIPAL DE SANTA RITA DE JACUTINGA COMUNICA CANCELAMENTO DO CARNAVAL 2018

            A Prefeitura Municipal de Santa Rita de Jacutinga anunciou nesta semana, em comunicado oficial, o cancelamento do Carnaval 2018. A administração tomou essa decisão devido a fatos e circunstâncias que ocorreram na última edição do carnaval. A festa tomou abrangência que não condiz com o município, causando danos quanto a moral da sociedade santarritense.

            Santa Rita de Jacutinga não tem estrutura para receber o número de pessoas que vem participar da programação carnavalesca. Neste ano foram, aproximadamente, mais de 20 mil foliões e para uma cidade com 5 mil habitantes.

            Fatos que marcaram os santarritenses devem ser evitados. Os constrangimentos devido a postura de alguns foliões chocou a muitos e não condiz com a personalidade do município, que carinhosamente é conhecido por seu povo acolhedor, de crenças e princípios. Santa Rita de Jacutinga possui inúmeras belezas naturais, suas cachoeiras demonstram sua potencialidade no turismo e atrai turistas que querem desfrutar de seus encantos de forma benéfica.

            A questão de infraestrutura e segurança são os pontos fortes para que o cancelamento da realização do carnaval 2018 acontecesse. A cidade não comporta o número de foliões que a cada ano vem aumentando. Esse é um dos motivos que preocupam a Administração Municipal e a Polícia Militar. O bem-estar de todos é o foco da administração que vem investindo seus recursos em bens para seus munícipes com o especial cuidado na educação, saúde e assistencialismo.

            Para evitar problemas futuros, a Administração Municipal toma essa decisão que, a princípio, gera controvérsias, mas é preciso dar uma pausa em toda essa situação para reestruturar de forma consciente uma festa que tem que promover alegria e diversão saudável a todos.

Comunicado Oficial

A Administração pública direta do município de Santa Rita de Jacutinga, vem pelo presente Comunicar ao povo santarritense, que por vários motivos, e prevendo segurança e possíveis transtornos, não realizaremos festividades de carnaval de 2018.

De acordo com a Lei Municipal nº1422/2017 fica proibido som automotivo, caixa de som ou realizações de eventos musicais de qualquer natureza não autorizados em vias públicas e demais logradores.

Esclarecemos, que as atividades realizadas pelas Igrejas, através do alto-falante e carro de som que circulam pelo município, informando ou fazendo propaganda terão autorização, pois se trata de serviços prestados a comunidade.

A comunidade tem manifestado a necessidade de que sejam adotadas algumas providências em relação ao abuso de certos sons e ritmos musicais com certa apologia causando desconforto a mesma.

Postaram nas redes sociais apenas o texto da Lei nº1422/17, deixando de postar o mais significativo que é a justificativa.

JUSTIFICATIVA

“Submeto à apreciação de Vossa Excelência o referido projeto de lei que Dispõe sobre a proibição da exposição de som automotivo em vias públicas, praças, parques, jardins e próximos a bares, casas noturnas e, dá demais providências, para que seja encaminhado às Comissões Parlamentares competentes e distribuído cópias para os demais edis.

A proposição em epígrafe tem o escopo de proibir no município de Santa Rita de Jacutinga a exposição de som automotivo sem autorização da Administração Pública Direta do município de Santa Rita de Jacutinga.

A conduta adotada baseou-se na preocupação pelo aumento da violência, apologia às drogas e a banalização do sexo e da cultura popular, ocorridos com a exposição de som automotivo contendo escritos musicais desprovido da preocupação com os bons costumes.

O sentido da Administração Pública, além de ofertar serviços públicos, visa, também, auxiliar no crescimento cultural e social da sociedade santaritense e, como Chefe do Poder Executivo, cujas reclamações são transformadas em ações, tem o dever de equilibrar a paz social através de condutas que tendem a proibir todo o método tendente a elevar a violência, a droga e o sexo explícito.

Certos da compreensão de Vossa Excelência aguarda-se o projeto aprovado para que possamos sancionar, publicar e realizar a campanha educativa para fins da referida proibição.”

“Não adianta ter expectativa de um futuro melhor se continuarmos com as mesmas atitudes daquele passado que nos desagradou”.  

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s