Arantina dá mais um passo para se tornar uma Cidade Educadora

Seminário revela desafios da educação do município e cidades da região

Como fazer uma cidade educadora? Essa pergunta norteou os encontros acontecidos em Arantina nos dias 16 e 17 de novembro, no Anfiteatro Pe. Dislaw Nurckyk e na sede da Apae do município.

Com o tema “Educação Integral e Cidades Educadoras – da teoria à prática – como fazer?”, o seminário reuniu professores, funcionários e alunos de Arantina, professores das cidades de Andrelândia e São João Nepomuceno e a equipe de secretariado da prefeitura. Nos dois dias, foram apresentadas palestras que falaram sobre educação, os desafios a serem enfrentados no município e o que pode ser melhorado no setor. Falaram ao público as educadoras Pilar Lacerda e Cleusa Repulho, a arquiteta e professora Bia Goulart e o jornalista da TV Globo Maurício Kubrusly.

No primeiro encontro, a arquiteta Beatriz Goulart propôs uma atividade externa aos presentes: divididos em três grupos, o público se espalhou pela cidade para explorar a Estação/Museu, a Cerâmica e a Escola. O objetivo foi descobrir novos fatos, e os alunos e professores expuseram o que gostam na cidade e o que é preciso mudar.

Em uma conversa franca, os estudantes também falaram que muitas vezes, o que falta na escola é um incentivo “Esse modelo de escola, aluno sentado, professor e quadro negro, infelizmente não funciona mais. O aluno fica quatro, cinco horas sentado ouvindo uma pessoa falando. É preciso inovar esse método, fazer com que os alunos se interessem pelo conteúdo”, afirmou Beatriz. A aluna Luara explicou. “A gente acaba perdendo a paciência e tendo preguiça de estudar”, disse.

Foi apresentado um trecho do documentário “Where to Invade Next” (Onde Invadir Agora), do diretor Michael Moore, em que é mostrado como a educação da Finlândia se tornou a melhor do mundo. O público teve a missão de observar as peculiaridades da educação do país, tal como o funcionamento do sistema de aulas.

No segundo dia de palestras, o jornalista da TV Globo Maurício Kubrusly e a educadora Cleusa Repulho também falaram dos desafios da educação em todo o Brasil, sempre com a participação intensa do público presente.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s