Quinta-feira, 19 de outubro

Bom dia! Aqui estão as principais notícias para você começar o dia bem-informado.

A batalha continua. A palavra final sobre a sequência ou arquivamento da 2ª denúncia contra o presidente Temer, rejeitada ontem pela CCJ da Câmara, caberá ao plenário. A votação está marcada para a próxima quarta-feira, e o Planalto considera que deve perder votos em relação à 1ª denúncia. O resultado da análise na comissão já foi menor que o do primeiro processo, rejeitado em julho. Em meio às negociações para garantir votos a seu favor, o presidente lida ainda com uma crise com um de seus principais aliados, o presidente da Câmara, Rodrigo Maia.

39 votos a 26

Deputados federais Beto Mansur e Darcisio Perondi celebram resultado da votação que recomendou a rejeição da 2ª denúncia contra Temer na CCJ (Foto: Ueslei Marcelino / Reuters)
Como esperado, o governo conseguiu maioria na CCJ. Com 66 deputados titulares e quórum completo, o placar final foi de 39 votos a favor do relatório apresentado pelo deputado Bonifácio de Andrada (PSDB-MG) recomendando à Câmara a rejeição da 2ª denúncia contra Temer e 26 votos contra o parecer, além de 1 abstenção. Foi um resultado abaixo do que Temer conseguiu na votação da primeira denúncia na CCJ. Naquele momento, foram 41 votos favoráveis a Temer e 24 contrários. O G1 segue acompanhando.

Atritos

O presidente da Câmara, Rodrigo Maia, conversa com o presidente Michel Temer (Foto: Paulo Lopes / Futura Press / Estadão Conteúdo)

O presidente Michel Temer demonstrou a interlocutores surpresa e contrariedade com a reação do presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), de divulgar uma nota para afirmar que o Planalto disseminou uma “falsa versão” sobre um encontro entre os dois. O encontro de Temer e Maia, segundo aliados do presidente da República, era justamente para distensionar a relação entre os dois depois de vários atritos públicos, escreve Gerson Camarotti. A crise, no entanto, continua e o G1 acompanha.

Acordos de leniência

No fim da noite, a Câmara aprovou regras para o Banco Central fechar acordo de leniência com instituições financeiras. O projeto prevê, além das regras para os acordos, a assinatura de termos de compromisso, para delitos administrativos menos graves. Com aprovação, texto segue para o Senado.

PIS/Pasep liberado

(Foto: Arquivo / Agência Brasil)
Começa hoje o pagamento dos recursos do PIS/Pasep para os cotistas com idade a partir de 70 anos. O valor total a ser pago para o grupo de idosos nessa faixa etária é de R$ 9,47 bilhões – R$ 6,71 bilhões do PIS e R$ 2,76 bilhões do Pasep.

Tira-dúvidas ao vivo: às 14h, programa do G1 vai esclarecer questões de internautas sobre os saques. Para participar do programa, mande sua pergunta pelo Twitter e na página do G1 no Facebook, usando a hashtag #PisPasepNoG1.

Cigarros com sabor

(Foto: Luciano Calafiori / G1)
Os ministros do STF podem julgar hoje a proibição da produção e venda de cigarros com sabor no Brasil. As indústrias questionam o poder da Anvisa de impedir a adição de menta, cravo e canela no tabaco. A resolução de 2012 foi suspensa numa decisão liminar da relatora, ministra Rosa Weber, e por isso não entrou em vigor. Órgão diz que objetivo foi inibir o tabagismo entre jovens.

Os queridinhos do Enem

Por que Drummond é o mais cobrado no Enem? O G1 mostra os 10 autores que caem com mais frequência no exame e os que são tendência para a prova deste ano.

Espanha dividida

O governo da Espanha afirmou que vai iniciar o processo para suspender a autonomia da Catalunha. A declaração foi dada após o fim do prazo estipulado pelo primeiro-ministro espanhol Mariano Rajoy para que o governo regional da Catalunha esclarecesse se realmente declarou a independência da região. ENTENDA a situação na Catalunha.

Chinês poderoso

Xi Jinping é considerado o dirigente mais poderoso da China dos últimos 25 anos, como o foram Mao Tsé-Tung e Deng Xiaoping. Onipresente na mídia local, ao ponto de ser comparado a Mao – fundador do regime -, Xi, de 64 anos, o atual presidente deve obter um novo mandato de cinco anos no Congresso do Partido Comunista Chinês (PCC), que começou ontem em Pequim. O G1 explica.

Além de poderoso, Xi Jinping segue no comando de um país que segue crescendo. Veja aqui o resultado do PIB chinês.

U2 em SP

U2 fará quatro shows no Brasil em outubro (Foto: Divulgação )
O U2 começa hoje uma série de quatro shows em São Paulo, no estádio do Morumbi. A banda está em turnê que comemora os 30 anos do disco “The Joshua Tree”. O G1 acompanha.

Futebol

Brasileirão – Série A

20 horas: Palmeiras x Ponte Preta
20 horas: Vitória x Atlético-PR
21 horas: Flamengo x Bahia
21 horas: Sport x Santos

Hoje é dia de…

Dia da Inovação

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s