Caxambu assina termo de adesão à Sala Mineira do Empreendedor

Unir em um único espaço o empreendedor, poder público e as entidades de fomento ao empreendedorismo. Este é o principal objetivo da Sala Mineira do Empreendedor, resultado de uma parceria entre o Sebrae Minas e a Junta Comercial do Estado de Minas Gerais (Jucemg) para melhorar e simplificar o ambiente de negócios em todo estado, em cooperação com as prefeituras mineiras. Em Caxambu, o termo de adesão foi assinado pela administração municipal, na última semana.

A Sala Mineira do Empreendedor visa melhorar o ambiente de negócios, facilitar o surgimento de novos empreendimentos, bem como aumentar a competitividade e promover o desenvolvimento sustentável das empresas da região. No espaço será possível orientar os empresários sobre contas públicas, captação de recursos, além de desburocratizar os processos de abertura de micro e pequenas empresas (MPE) e de microempreendedores individuais (MEIs), tornando mais acessível os produtos da Jucemg e do Sebrae Minas. Essa parceria tem o intuito efetivar a implementação da Rede Nacional para Simplificação do Registro e da Legalização de Empresas e Negócios (Redesim), no Sul de Minas.

Para o gerente da Regional Sul do Sebrae Minas, Juliano Cornélio, a Sala Mineira do Empreendedor é uma oportunidade de desenvolvimento para o município. ” Um espaço único no munícipio de contato do empreendedor, independentemente de seu porte, com poder público, além de possibilitar o aumento da competitividade e promover o desenvolvimento sustentável dos empreendimentos locais no mercado”, avalia.

A forma de atuação da sala é embasada em três pilares básicos: orientações e informações, serviços e capacitações. Para a efetivação do projeto é possível contar com apoio de outras entidades parceiras, como Associações Comerciais, Câmaras de Dirigentes Lojistas, sindicatos e cooperativas. Porém, para adotar o nome Sala Mineira do Empreendedor, é indispensável que a iniciativa seja concretizada por meio de um termo de cooperação técnica que permita um arranjo institucional composto por três atores essenciais: a Jucemg, o Sebrae Minas e as prefeituras, cabendo a cada parceiro funções distintas. A Jucemg, dentre outras responsabilidades, se encarregará de capacitar os servidores sobre Registro Empresarial; o Sebrae Minas cuidará da gestão das MPEs; enquanto as prefeituras disponibilizarão o espaço físico e fornecerão os recursos humanos.

“A Sala Mineira do Empreendedor chega para coroar uma parceria de longa data com o Sebrae. Estamos muito satisfeitos em ser uma das cidades do Sul de Minas contempladas com esse projeto, que vem fomentar o crescimento do empresariado de Caxambu”, conclui o prefeito, Diogo Curi.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s