Com muito amor, fiéis celebram a festa da bem aventurada Francisca de Paula de Jesus “Nhá Chica”

A comunidade baependiana celebrou junto aos fiéis devotos os 122 anos da Páscoa de Nhá Chica. As celebrações ocorreram durante vários dias e teve uma programação composta por novena, missas e a festa do Romeiro.A comunidade baependiana celebrou junto aos fiéis devotos os 122 anos da Páscoa de Nhá Chica.

As celebrações ocorreram durante vários dias e teve uma programação composta por novena, missas e a festa do Romeiro. Em 14 de junho, Dia de Nhá Chica, foram celebradas missas e momentos de muita fé e devoção a ‘Santinha de Baependi’.

Logo pela manhã na Igreja de Nossa Senhora da Conceição, o bispo da Diocese da Campanha, Dom Pedro Cunha Cruz, celebrou a Santa Missa junto a sacerdotes que vieram saudar a Beata Nhá Chica. A igreja esteve repleta de fiéis vindos de diversas localidades que expressaram a sua fé e devoção a Nhá Chica. Em sua homilia, Dom Pedro observou que a vida dos santos é composta por uma singular espiritualidade Mariana, e relacionou a vida de Nhá Chica com Maria, e sua devoção a Mãe de Deus. Dom Pedro relembrou fatos da vida de Nhá Chica e seu amor a palavra de Deus e a Igreja, e citou que quando Nhá Chica “projetou a igreja a Nossa Senhora da Conceição, ela entendia que Nossa Senhora era a Mãe da Igreja, um século antes do Beato Papa Paulo VI proclamar que Maria é Mãe da Igreja”. “Santos são cheios da sabedoria de Deus”, revelou o bispo diocesano.

Dom Pedro também destacou que para “entender, celebrar e viver a santidade não precisamos de títulos acadêmicos e Deus nos dá esse sinal de contradição para a nossa vida também, nos convidando a santidade”, proclamou.

Os louvores a festa em louvor a Nhá Chica se estenderam até o dia 18 de junho, com a Festa do Romeiro. Nos dias que sucederam a data de Nhá Chica, ocorreram celebrações eucarísticas campais, no Loteamento Capelinha. Diversas ações foram realizadas diante a festa a Nhá Chica, como desfile de carros de bois, charrete e cavaleiros; carreata com jeeps e motos, além de apresentação de congadas, folia de reis e terço cantado.

Foram dias de intensa devoção e alegria a Beata Nhá Chica, que desde sua vida e após a sua morte sempre tem intercedido pela vida dos baependianos e fiéis vindos de várias localidades.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s